Impotência

Impotência Sexual – O que significa?

Primeiramente, o que é impotência sexual? É incapacidade do homem de manter uma ereção. Ele pode ou não ter ereção suficiente para começar uma relação sexual, mas raramente dura. Para um homem ser diagnosticado com impotência é necessário ser um problema recorrente, visto que falhas ocasionais são completamente normais. A impotência sexual atinge principalmente homens mais velhos, de 50 a 80 anos, mas também pode acontecer com homens mais novos. Quando isso acontece frequentemente com homens mais novos, é necessário buscar um médico para tratar o problema.

Homem careca com as duas mãos no rosto em um ambiente escuro somente com a cabeça iluminada

Os problemas com as disfunções sexuais podem atingir seriamente a saúde física e mental do homem.Os problemas físicos podem começar quando o  homem recorrer à remédios como Viagra, que estimula o fluxo sanguínea até o pênis. O Viagra deve ser usado com cuidado, em uma dosagem máxima de 100 mg. Homens com problemas no coração, no fígado, pressão baixa e que usem determinadas substâncias não podem usar Viagra, os riscos de efeito colateral são grandes.

Quando o homem não consegue ter relações sexuais, ele pode ficar inseguro, ter baixa auto-estima, problemas de confiança, problemas de relacionamento e outros vários empecilhos psicológicos, desencadeados pela disfunção erétil. É indicado o homem buscar além de ajuda médica, procurar um psicólogo. Pode ser que o psicólogo auxilie o homem a encontrar a sua confiança e sua auto-estima.

Disfunção biológica

Para entender como acontece a impotência, é necessário saber um pouco da anatomia peniana. O pênis possui dois grupos de fibras nervosas. Uma delas carrega sinais que inibem a ereção, a outra carrega sinais que a favorecem. Essas fibras nervosas fazem parte da medula, que fica localizada na parte inferior da coluna. Médicos explicam que as ereções involuntárias acontecem por reflexos involuntários dessa região da coluna.

Ilustração anatomia do pênis

A comunicação entre os nervos que influenciam a ereção funcionam da seguinte maneira no cérebro: esses sinais na medula entram em contato a região central do cérebro, que é ligada às emoções e à memória, que se liga com a região do lobo frontal, que é a camada mais superficial do cérebro. Nesta região é processado as tomadas de decisão. O sistema nervoso no cérebro permite que o cérebro provoque os sinais inibitórios e estimulantes, para que o sangue penetre no corpo cavernoso. O sangue ali é retido por compressão, o que promove a ereção do pênis. A disfunção biológica da impotência pode ser explicada pela falta de compressão no pênis, provocando a saída do sangue e um pênis flácido.

Conceito de impotência Sexual

Especialistas desconstroem o termo impotência para quem não consegue manter uma ereção, pois a impotência pode se referir à outras disfunções sexuais, como falta de apetite sexual, falta de orgasmos ou problemas com a ejaculação. Na linguagem médica, o conceito disfunção erétil significa que um homem é incapaz de manter uma ereção satisfatória para o ato sexual.

Disfunção de origem orgânica

A disfunção de origem orgânica é quando o homem não consegue manter uma ereção e o motivo está associada com fatores exclusivamente biológicos. Fatores hormonais podem causar a disfunção erétil, assim como doenças crônicas como diabetes, problemas endócrinos, doenças vasculares, excesso de remédios, alcoolismo e tabagismo. Doenças neurológicas como Alzheimer, Parkinson, lesões na medula e outros problemas podem influenciar diretamente na qualidade da ereção.

Pessoa medindo a pressão sanguínea de outra pessoa com impotência Sexual

Disfunção de origem emocional

A disfunção de origem emocional é o todos os problemas emocionais e psicológicos que impedem a ereção. A ansiedade é uma das principais causas da impotência sexual. Seja pelo medo de falhar, ansiedade de desempenho e até mesmo outros fatores sociais podem influenciar diretamente no desempenho e na qualidade do sexo. O estresse também é um fator que pode causar a falha na ereção. É necessário o individuo lidar com os fatores externos para que consiga tratar os problemas de disfunção sexual.

Homem sentado em pose pensativa em um ambiente iluminado e com árvores

 

Fontes:

https://drauziovarella.uol.com.br/entrevistas-2/impotencia-sexual/

https://uroweb.org/wp-content/uploads/Male-Sexual-Dysfunction-2012-pocket.pdf

http://revista.hupe.uerj.br/aborgadem-disfuncao-eretil.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *